Villa Borghese, Castel Sant’Angelo e as mais belas “Piazze di Roma”

DIA 08 DE MARÇO DE 2013
(Piazza di Spagna, Piazza del Popolo, Villa Borghese, Castel Sant’Angelo e Piazza Navona)

A sexta-feira começou chuvosa de novo, mas ainda estávamos empolgados por causa das aventuras do dia anterior, então nos enfiamos em nossas capas de chuva e partimos para mais uma maratona.

Nosso roteiro do dia incluiu atrações que ficam nas redondezas do hotel, então subimos a pé para a Piazza di Spagna.

20130309-200326.jpg

Vista da Scalinata di Spagna e Fontana della Barcaccia

Depois da primavera, a escadaria deve ficar muito mais bonita, pois nas fotos que vemos em sites de turismo ela aparece toda florida, mas hoje só tinha água mesmo…

Descemos a escadaria, tiramos umas fotos na fonte e partimos para a Piazza del Popolo. Nesta hora a chuva apertou bastante e nos arrependemos de não termos pego um guarda-chuva na recepção do hotel. Minha mochila estava começando a ficar encharcada…

Fontana della Barcaccia

Fontana della Barcaccia

Elisa e sua capa de chuva descartável "fashion", em frente a loja da Dior

Elisa e sua capa de chuva descartável “fashion”, em frente a loja da Dior

Subimos através da Via del Babuíno, que possui varias lojas de grifes internacionais enfileiradas. Chegamos na praça, que é gigantesca e fizemos algumas fotos mesmo embaixo de chuva…

Piazza del Popolo - La Fontana del Nettuno

Piazza del Popolo – La Fontana del Nettuno

Depois decidimos pegar um metrô pra voltar pro hotel para buscarmos um guarda-chuva e descarregar os pesos desnecessários… Deixamos a mochila molhada no hotel e partimos para o parque Villa Borghese, pela entrada da Porta Pinciana, que fica mais perto do hotel.

Chegando lá, de cara vimos um local para aluguel de bicicletas e alugamos uma de dois lugares, que tinha uma cobertura bem legal. Assim ficamos protegidos e podíamos explorar todo o parque pedalando no risciò.

Passeio de risciò na Villa Borghese

Passeio de risciò na Villa Borghese – Fontana dei Cavalli Marini

Estátua de um deus grego no Tempietto di Diana

Estátua de um deus grego no Tempietto di Diana

O parque é muito bonito e ficamos horas lá dentro relaxando e conhecendo várias partes do parque, que é gigante. Tiramos algumas fotos em frente ao prédio do museu Galeria Borghese, mas não entramos no museu.

20130309-200648.jpg

Vista da entrada para a Galeria Borghese

Galeria Borghese

Galeria Borghese

Mais tarde devolvemos o risciò e fomos procurar um restaurante, depois que a chuva passou. Caminhamos um pouco pelo parque até encontrarmos um lugar legal pra ficar.

Vista de um dos restaurantes da Villa Borghese - Da varanda uma vista espetacular, mas no cardápio os preços tinham um dígito a mais do que o normal

Entrada do restaurante Casina Valadier

A foto aí de cima mostra um dos restaurantes da Villa Borghese que ficava numa espécie de mansão e tinha uma varanda com uma vista espetacular sobre a Piazza del Popolo. O lugar era lindo, mas os preços eram proporcionais a sua beleza… Com menos fome, menos chuva e mais tempo, talvez a gente topasse pagar uma conta com um dígito a mais, mas desta vez decidimos ficar em um lugar um pouco mais humilde.

Almoçamos em um restaurante bem legal, que por fora tinha cara de quiosque e por dentro de restaurante chique.

20130309-202751.jpg

Almoço na Villa Borghese

O restaurante tinha uma decoração bem bonita, com obras de arte, estatuas e curiosamente, guitarras autografadas por guitarristas famosos, como Jimmy Page e Santana.

Na parede, guitarras autografadas por roqueiros famosos como esta do Jimmy Page

Na parede, guitarras autografadas por roqueiros famosos como esta do Jimmy Page

Lá aprendi que as melhores sobremesas vem da região da Sicília (segundo o garçom) e provei um Cannolo Siciliano delicioso. A Elisa foi no tartufo gelado…

Canolo e tartufo gelado

Cannolo Siciliano e tartufo gelado

Depois caminhamos mais um pouco e descemos a Villa pela saída da Piazza del Popolo.

20130309-200731.jpg

Piazza del Popolo vista do alto da Villa Borghese

De lá partimos andando, como sempre, para o Castel Sant’Angelo e fizemos algumas paradas para fotos, principalmente na via que corre as margens do Tibre, a Lungotevere.

20130309-200829.jpg

Palazzo di giustizia no caminho para o Castel Sant’Angelo

20130309-200916.jpg

Vista do Tibre com a Ponte Umberto I ao fundo

O Castel Sant’Angelo é uma fortaleza impressionante, que já foi o Mausoléu do Imperador Adriano e ao longo de sua história foi convertido em diversas outras coisas como presídio, fortaleza e até moradia dos Papas em tempos guerra. Hoje ele é um museu que aborda todos estes aspectos de sua história e tem uma vista espetacular da cidade.

20130309-201000.jpg

Vista para o Castel Sant’Angelo

Ponte Sant'Angelo vista do alto do Castelo de mesmo nome

Ponte Sant’Angelo vista do alto do Castelo de mesmo nome

Vista para a Ponte Vittorio Emanuelle II e Basílica de São Pedro

Vista para a Ponte Vittorio Emanuelle II e Basílica de São Pedro

De lá atravessamos a Ponte Sant’Angelo, de volta para o outro lado do rio e partimos para a Piazza Navonna, novamente debaixo de chuva.

Vista para o Rio Tibre e ao fundo a Basílica de São Pedro

Vista para o Rio Tibre e ao fundo a Basílica de São Pedro

A praça tem 3 fontes iradas, sendo a mais bonita a Fontana dei quattro Fiumi.

20130309-201130.jpg

Detalhe da Fontana dei quattro Fiumi na Piazza Navona

Fonte não-sei-que

Piazza Navona – Fontana del Nettuno

Nesta praça também fica localizada a embaixada brasileira, que fica num luxuoso Palazzo em frente a uma das fontes.

Vista da Fontana del Moro com o Palazzo Doria Pamphilj, sede de Embaixada Brasileira ao fundo

Vista da Fontana del Moro com o Palazzo Doria Pamphilj, sede de Embaixada Brasileira ao fundo

De lá partimos para o jantar em uma trattoria tradicional italiana. A pizza era realmente muito boa, mas o atendimento ultra informal.

Os caras colocaram a gente (e todo mundo) dividindo mesa com estranhos, num espaço super apertado a ponto de não sabermos de quem eram as bebidas colocadas sobre a mesa… Copos e talheres eram arremessados na mesa e vira e mexe o garçom pedia pra algum cliente se esticar pra pegar alguma garrafa de vinho na estante pra ele e coisas do tipo…

Eles não eram grosseiros nem mal-educados, mas a gente não estava no clima para tanta informalidade… Deu saudades de Paris.
Comemos até uma pizza de Nutella pra compensar. Pelo menos a conta foi super barata.

De lá pegamos um busão de volta pro Hotel.

___

Para conhecer todos os detalhes sobre Roteiro Itália e Espanha 2013 clique aqui. Para ver todos os posts clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s