Toledo, o bate-volta perfeito para quem vai a Madrid

DIA 21 DE MARÇO DE 2013

No dia anterior verificamos a previsão do tempo e decidimos que a quinta-feira seria o dia reservado para conhecermos Toledo, pois este seria o dia que teríamos mais sol… depois da experiência de Siena, achamos por bem viajarmos com um dia mais ameno.

Talvez exatamente por isto Toledo tenha sido uma de nossas cidades preferidas… O dia estava perfeito!

Ir pra Toledo a partir de Madrid é muito fácil… O trem de alta velocidade parte a cada 30 minutos da estação Atocha e é muito fácil comprar o bilhete na hora, antes de partir. A estação é tão moderna quanto a estação de Termini em Roma, com uma diferença primordial: é muuuito mais organizada. Ninguém entra na plataforma de embarque se não estiver embarcando e lá me parece impossível toparmos com alguém dando golpes dentro do trem como em Termini… Pra entrar todo mundo passa por um controle mais rígido, com detector de metais e controle de entrada e saída.

O trem é bem confortável e a viagem tão rápida que não deu nem pra aproveitar o caminho. Rapinho chegamos na estação de Toledo, que nem parece uma estação de trem de tão bonita que ela é…

Estação de trem de Toledo

Estação de trem de Toledo

Saindo do trem, pegamos um ônibus em direção ao centro da cidade.

Dica: ao sair da estação de trem, os turistas são logo atraídos por um enorme ônibus vermelho indo para o centro… ele fica lá vazio, especialmente esperando os turistas afobados. Andamos pouquíssimos metros a frente e pegamos um ônibus convencional por um preço infinitamente menor, vazio, confortável e que nos deixou no mesmo lugar.

Descemos do ônibus em frente ao portão principal da cidade e subimos para o centro da pé, tirando algumas fotos pelo caminho.

Vista para os muros da cidade de Toledo

Vista para os muros da cidade de Toledo

Eu com o portal principal da cidade de Toledo ao fundo

Eu com o portal principal da cidade de Toledo ao fundo – La Puerta de Bisagra

Fomos subindo a cidade devagarinho, admirando a vista e fotografando. Chegamos na praça de Zocodover e pesquisamos ali mesmo o que faríamos pela cidade, usando nosso guia.

Vista para Praça de Zocodover

Vista para Praça de Zocodover

A cidade de Toledo é conhecida como “La ciudad Imperial” por ter sido a sede principal da corte do Rei Carlos I. Também é chamada de “la ciudad de las tres culturas”, pois já foi povoada por povos cristãos, judeus e muçulmanos.

Por toda a cidade existem referências ao seu passado medieval, principalmente nas vitrines das lojas de artesanato, mostrando espadas, armaduras e outros objetos que remetem a Idade Média. Tudo na cidade tem um clima de passado e a mistura de culturas também pode ser reparada em todos os cantos.

Começamos o passeio visitando a Catedral de Santa Maria, igreja monumental em estilo gótico (entrada gratuita!).

Elisa e a Catedral de Santa Maria ao fundo

Elisa e a Catedral de Santa Maria ao fundo

Por dentro a catedral impressiona pelo seu tamanho, pela quantidade de ouro e obras de arte, além de objetos históricos. A gente não imaginava que uma cidade tão pequena abrigava uma catedral tão bonita.

Uma das coisas mais impressionantes da catedral é um Ostensório de ouro e prata de 3 metros de altura, feito por Enrique de Arfe:

Ostensório de Enrique de Arfe - Sala do Tesouro

Ostensório de Enrique de Arfe – Sala do Tesouro

Vista para um dos órgãos na sala do coro

Vista para um dos órgãos na sala do coro

Saindo da sala do tesouro, ouvimos um dos órgãos tocando e corremos para o “coro” pra ver o bicho em ação. Não entendi até agora do que se tratava, parecia que tinha um grupo de turistas com um acesso privilegiado à parte alta do coro, tocando o órgão de curioso..

O conjunto de órgãos é outra atração, cada um uma obra de arte gigante no meio daquela sala cercada por mobiliários sofisticados, esculturas e jóias…

Em pensar que todo aquele outro provavelmente saiu daqui da América…

Elisa posando dentro do coro da Catedral de Toledo

Elisa posando dentro do coro da Catedral de Toledo – logo atrás a estátua da Virgem

Atrás do altar, a Transparente… belas esculturas de anjos em uma abertura feita para que a luz ilumine o interior do tubernáculo. Em torno da abertura, as esculturas de baixo parecem estar olhando pra gente…

A Transparente

A Transparente

Na parte interna da Catedral (sacristia e museu) há muita coisa pra se ver, como: a Sala Capitular (com tetos folhados a ouro e fotos dos cardeais espanhóis), uma exposição de vestimentas religiosas, obras de El Greco, Caravaggio, Zurbarán, Juan de Borgoña e Goya.  

Sala Capitular - Fotos de todos os Arcebispos espanhóis

Sala Capitular – Fotos de todos os Arcebispos espanhóis

Em destaque no fundo da sacristia

Em destaque no fundo da sacristia “El Expolio” de El Greco

Plaza del Ayuntamiento - Proibido jogar bola?

Plaza del Ayuntamiento – Proibido jogar bola?

Saindo da catedral, fizemos uma parada na “Plaza del Ayuntamiento”… 

A placa ao lado é no mínimo curiosa, mas realmente o espaço é bem grande e deve ser muito bom pra jogar uma pelada… hehehe.

Em frente a prefeitura há um gramado, onde estavam vários jovens deitados, pegando sol, curtindo um pouquinho do clima gostoso que estava fazendo no dia.

Prédio da prefeitura de Toledo

Prédio da prefeitura de Toledo

De lá partimos para uma das Sinagogas da cidade e no caminho paramos para umas fotos com uma bela paisagem. A cidade de Toledo é margeada pelo mesmo Rio Tejo que corta Portugal, mas aqui ele tem o nome de “Rio Tajo“… As vistas para o rio do alto da cidade são sensacionais!

Vista para o Rio Tajo e Puente de San Martin

Vista para o Rio Tajo e Puente de San Martin

Vista para as colinas da cidade de Toledo

Vista para as colinas da cidade de Toledo

De lá partimos para Sinagoga del Tránsito e visitamos também o Museu Sefardí. Não é nada demais… não recomendo.

Vista da Calle Reyes Católicos

Vista da Calle Reyes Católicos

Então fizemos uma parada para almoçar. Acho que em Toledo fizemos o almoço mais barato de toda a viagem, se levarmos em conta todo o serviço.

Almoço em Toledo

Almoço em Toledo

Menu do dia: Entrada + prato principal + vinho + café = 12€

Como pedimos 2 taças de vinho, eles nos trouxeram uma garrafa inteira, dizendo que duas taças davam o mesmo que uma garrafa. Han? É isso mesmo? Então tá bom… pedimos uma garrafa de água mineral pra acompanhar, que não veio na conta. Eu chamei a menina e falei que estava faltando a água e ela disse que estava tudo bem, eles não iam cobrar a água…

É… cidade pequena é outra coisa. Comemos bem, fomos bem servidos, bebemos uma garrafa inteira de um vinho local e a conta toda saiu por 24€… Aqui no Rio isso não paga nem uma meia garrafa de vinho.

[ATUALIZAÇÃO] Atendendo a pedidos, deixo aqui o nome e localização exata do restaurante:
Cafeteria Restaurante Carolvs
Paseo Tránsito, 6 (bem na curva da Paseo del Tránsito, em frente ao “Museu del Greco” ao lado de uma lojinha de souvenirs chamada “Tole – Mex”)

Depois do almoço visitamos a Igreja de Santo Tomé, que é pequena e tem como única grande atração a obra prima de El Greco, uma pintura gigantesca chamada “El entierro del Conde de Orgaz”.

Estátua de Miguel de Cervantes

Estátua de Miguel de Cervantes

Depois visitamos o Museu de Santa Cruz, que no século XVI foi um importante hospital e hoje abriga exposições temporárias e permanentes. E a entrada também foi gratuita…

Pátio interno do Museu de Santa Cruz

Pátio interno do Museu de Santa Cruz

Exposição de pinturas - Museu de Santa Cruz

Exposição de pinturas – Museu de Santa Cruz

Um café espresso e um mazapán - Delicioso...

Um café espresso e um mazapan

Depois de muitas caminhadas, visitas a lojinhas de artesanato, museus, igrejas e praças, o dia estava chegando ao fim…

Então fizemos nossa última parada na praça de Zocodover em um café, para experimentar o famoso “mazapan”.

Dica de minha amiga Ana Reyes, experimentamos vários sabores diferentes deste doce típico da cidade de Toledo. O tradicional é feito com gema de ovo, mas eles tem vários sabores, que experimentamos com um espresso no final da tarde…

E finalmente os termômetros marcaram uma temperatura agradável

E finalmente os termômetros marcaram uma temperatura agradável

Então finalmente voltamos para a estação de trem com rumo a Madrid.

Já eram 17h quando chegamos na estação de trem e mesmo no final da tarde, o tempo era bastante agradável. Quando eu vi o termômetro eu não acreditei e tive registrar! 21 graus é praticamente um verão tropical! Por isso a gente estava com tanto calor embaixo daqueles casacos…

Sem dúvida este foi o dia mais agradável que a gente tinha tido…

Chegando em Madrid, cedi aos apelos de minha esposa e fomos passar o resto do dia no “El Corte Inglés”, que é a maior loja de departamentos da Espanha.

Compramos algumas roupas, calças e um livro pra mim… no final da viagem já ficava mais fácil comprar um roupa nova do que colocar pra lavar.


Vai a Madrid? Que tal comprar ingressos online para as principais atrações da cidade, pagar com desconto e ainda furar fila? Clique aqui e compre seus ingressos no TicketBar.


Depois das compras, pesquisamos na internet e escolhemos um barzinho menos turistão, que fosse frequentado por madrileños. Acabamos indo para o “Taberna Alhambra”.

Um clima bem descontraído, com chope e porções de petiscos bem generosas… o mais curioso de tudo foi o atendimento. Muito rápida e eficiente no atendimento, quando pedimos a conta depois de apenas 4 chopes (2 pra cada) a garçonete olhou pra gente indignada e se recusou a deixar a gente ir embora apenas com 2 chopes. Trouxe mais 2 tulipas enormes, por conta da casa, e ficou ali vigiando se a gente ia beber mesmo…

Não me lembro quanto foi a conta, mas certamente foi menos de 30€ e saímos beeem satisfeitos. Definitivamente, comer na Espanha é muito mais barato do que qualquer lugar da Europa que eu tenha visitado. O problema era a gente ficar mal-acostumado com este tipo de atendimento…

Se você prefere passar a noite na cidade de Toledo e curtir um pouco mais da cidade, clique neste link para acessar várias de opções de hotéis na cidade, com fotos, resenhas e todos os detalhes para sua reserva.

___
Para conhecer todos os detalhes sobre Roteiro Itália e Espanha 2013 clique aqui. Para ver todos os posts clique aqui.

Anúncios

20 pensamentos sobre “Toledo, o bate-volta perfeito para quem vai a Madrid

  1. Toledo é muito bacana! Infelizmente não aproveitei como vcs. Fomos sem planejar um roteiro e ficamos um pouco perdidos, mas mesmo assim vimos muita coisa. Abraço!

    Curtir

    • Olá Xará,
      Pra nós, visitar Toledo deu um folego novo… O dia ensolarado e aquele ar diferente, medieval e bucólico, levantou muito nosso astral. Gostamos muito mesmo!
      Também não planejamos muito, mas acho que deu pra aproveitar bastante. Certamente não fizemos um roteiro frenético como aqueles que costumamos ver no seu blog, mas vimos bastante coisa… hehehe.

      Um dia eu vou ter o planejamento e disposição pra conhecer tantos lugares em um dia como você e seus amigos. A gente chega lá! …rs
      Tô esperando você postar sobre Madrid e Toledo também!

      Grande abraço!

      Curtir

    • Olá Ana,
      Eu não lembrava o nome do restaurante, então fiz uma pesquisa rápida no Google Street View e o mais engraçado é que o carro azul que aparece no fundo da minha foto ainda está lá na imagem do Google, rsrsrs

      Dá uma olhada aqui pra se localizar:
      Paseo Tránsito, 6, 45002 Toledo, Reino da Espanha

      O nome do restaurante é “Cafeteria – Restaurante – Carolvs”… Acho que é algo como Carolus, com a grafia em latim, com “V” no lugar do “U”. Fica bem na curva da Paseo del Tránsito, em frente ao “Museu del Greco” ao lado de uma lojinha de souvenirs chamada “Tole – Mex”.

      O restaurante tem uma comida simples, nada demais, mas o atendimento foi muito bom e foi super barato, com direito entrada, vinho e tudo mais…

      Quando fomos estava bem vazio. Acho que em fevereiro a cidade estará tranquila também, pq vai estar um frio danado!

      Boa sorte pra você e boa viagem… Depois passa aqui e conta como foi, se você se lembrar. Espero que você goste de Toledo! E não deixe de provar um Mazapan…

      Grande abraço,
      Alessandro Batalha

      Curtir

  2. Gostei do seu roteiro! Tinha visto um roteiro de Toledo que tem mil lugares para visitar e queria um mais enxuto para me ajudar a montar o meu! Obrigada pela dica de restaurante também, pois só tinha visto no Trip Advisor restaurantes bem caros!

    Curtir

    • Obrigado Débora!
      Toledo tem mesmo muito mais pra se ver, mas na correria a gente acaba não curtindo o passeio, né? Com este roteiro eu consegui fazer tudo sem pressa, aproveitando bem o clima da cidade… Espero que você goste da cidade, que é mesmo linda… Se você se lembrar, passa aqui depois pra contar como foi.

      Grande abraço e boa viagem!

      Curtir

    • Olá Dayana! Muito obrigado pelo comentario.
      Na verdade nós fizemos o caminho de retorno a pé. O clima estava agradável e como a gente já tinha observado bem o caminho durante o trajeto de ida, fomos caminhando e observando a paisagem enquanto procuravamos o ponto de onibus e quando percebemos, já estavamos perto da estação e decidimos fazer tudo a pé. Não é pertinho, mas dá pra ir andando e o caminho é de descida, ao contrário da ida…

      Curtir

    • Olá Cristina,
      Como outras pessoas pediram, atualizei o post com o nome e direção do restaurante.
      Cafeteria Restaurante Carolvs
      Paseo Tránsito, 6
      Fica bem na curva da Paseo del Tránsito, em frente ao “Museu del Greco” ao lado de uma lojinha de souvenirs chamada “Tole – Mex”
      Se você colocar no google street view vai aparecer um restaurante com uns toldos brancos que ficam na frente do letreiro do nome, mas é ele mesmo…
      Abraço e boa viagem!

      Curtir

    • Oi Ana, que pena que sua experiencia não foi boa.
      Eu fui muitíssimo bem atendido quando fui lá… A comida realmente não é lá essas coisas, mas o diferencial foi mesmo o preço.

      Outra coisa que aprendi viajando foi: em cidades pequenas, procuro comer sempre algum prato da culinária local… Com exceção de cidades mega-cosmopolitas como Londres ou Nova Iorque (onde recomendo o contrário), todas as vezes que comi um prato “estrangeiro” me dei mal.

      Enfim, espero que você tenha curtido Toledo, porque a cidade é muito bacana.
      Abço.

      Curtir

  3. Olá, boa noite.
    Estaremos em Madri do dia 22 a 26 de fevereiro e estou planejando fazer um bate-volta de trem para Toledo. Analisando o meu roteiro, os melhores dias para fazer esse bate-volta seria na sexta ou no sábado.
    E surgiram algumas dúvidas:
    1) Será que sábado a cidade fica muito mais lotada de turista? Qual dia é melhor para fazer esse tour em Toledo? Sexta ou sábado?
    2) No sábado, só tem trem de Madri para Toledo a partir das 8:50 h com chegada em Toledo às 9:23 h. Já na sexta, tem trem às 7:50 h com chegada em Toledo às 8:23 h. Mas pelo que andei pesquisando, todas os pontos turísticos de Toledo abrem a partir das 10 horas da manhã com exceção da Sinagoga del Transito que abre às 9 h. Diante disso, qual é o melhor horário para sair de Madri? Devo chegar o mais cedo possível? Mas aí eu fico esperando as atrações abrirem??
    3) Minha ideia é retornar para Madri no horário das 17:25 h. Esse período das 10 às 17:25 é o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos sem muita correria?

    Muito obrigada se puder me ajudar!
    Abç,
    Sandra

    Curtir

  4. Olá, boa noite.
    Estaremos em Madri do dia 22 a 26 de fevereiro e estou planejando fazer um bate-volta de trem para Toledo. Analisando o meu roteiro, os melhores dias para fazer esse bate-volta seria na sexta ou no sábado.
    E surgiram algumas dúvidas:
    1) Será que sábado a cidade fica muito mais lotada de turista? Qual dia é melhor para fazer esse tour em Toledo? Sexta ou sábado?
    2) No sábado, só tem trem de Madri para Toledo a partir das 8:50 h com chegada em Toledo às 9:23 h. Já na sexta, tem trem às 7:50 h com chegada em Toledo às 8:23 h. Mas pelo que andei pesquisando, todas os pontos turísticos de Toledo abrem a partir das 10 horas da manhã com exceção da Sinagoga del Transito que abre às 9 h. Diante disso, qual é o melhor horário para sair de Madri? Devo chegar o mais cedo possível? Mas aí eu fico esperando as atrações abrirem??
    3) Minha ideia é retornar para Madri no horário das 17:25 h. Esse período das 10 às 17:25 é o suficiente para conhecer os principais pontos turísticos sem muita correria?

    Muito obrigada se puder me ajudar!
    Abç,
    Sandra

    Curtir

    • Oi Sandra!
      Esse tempo é suficiente pra fazer um roteiro parecido com o meu. Em fevereiro, como não é alta temporada, a cidade não deve lotar… mas eu iria na sexta-feira pra garantir.

      Pesquise o calendário de eventos da cidade pra saber o que vai estar acontecendo nesses dias… daí vc pode se programar pra participar ou fugir do evento.

      Quanto a chegar antes das atrações abrirem, eu acho que não tem problema. Pra mim o maior barato do passeio era ficar vagando pelas vielas, admirando a arquitetura. Acredite em mim, quando chegar vc vai querer ter um tempo pra admirar as muralhas, o rio e tudo mais a sua volta…

      Abraço e boa viagem!

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s