Aterrissando em Paris: Champs Elysées e o Arco do Triunfo

DIA 12 DE SETEMBRO DE 2011

Antes dos festejos do nosso casamento no dia anterior, deixamos nossas malas prontinhas em casa e nos programamos pra sair da noite de núpcias já meio prontos, dar uma passada em casa só pra ajeitar os detalhes finais, catar a mala e partir pro aeroporto.

O horário do vôo era só a tarde, então fizemos tudo sem correria porque a gente sabia que a noite do dia anterior seria intensa. E foi…

Depois daquela festa louca e um vôo de 12h, fomos agraciados com uma greve no aeroporto de Paris e ficamos mais de 1h sentados no avião parado, aguardando autorização pra descer…

Se fosse no Brasil nosso povo com complexo de vira-latas estaria dizendo: “só aqui nesse país mesmo… Isso é um absurdo. Se fosse na Europa… blá blá blá”. Mas lá todo mundo esperou pacientemente.

Depois da espera desembarcamos, passamos pela imigração sem filas, sem perguntas e sem que ninguém olhasse nem na nossa cara… Vantagens da greve para o turista cansado.

Como era nossa primeira vez na Europa e estávamos totalmente quebrados e cansados, decidimos pegar um táxi direto pro hotel, evitando problemas. Lembro que o preço da corrida do aeroporto ao Hotel teve um preço justo, em torno de 40 dinheiros.

Chegamos no Hotel por volta de 14h, com o sol ainda brilhando e tempo bom!

Ainda no caminho, impossível não se admirar com a arquitetura e organização da cidade. Os prédios todos com uma arquitetura parecida (padronizada), tudo organizado de forma regular e harmônica. Muita limpeza, trânsito fluindo sem problemas, ruas largas, calçadas limpas, bem cuidadas…

Vista da janela do nosso quarto no Hotel Le 123 Elysee

Vista da janela do nosso quarto no Hôtel Le 123 Elysees

O mais interessante é que a gente pode reconhecer de cara o estilo arquitetônico do Rio antigo e bateu uma identificação imediata… É uma pena que nossa cidade não tenha o mesmo carinho com sua história, nem com suas formas, mas hoje em dia eu reconheço muita coisa do estilo arquitetônico de Paris nos sobrados velhos e acabados que ficam apodrecendo no Centro do Rio.

Ficamos hospedados no charmoso Hôtel Le 123 Elysees, que ficava muitíssimo bem localizado, perto da famosa Avenida Champs Élysées e perto da Estação de Metrô Saint-Philippe du Roule. Recomendo!

Não dava pra pensar em descanso… tomamos um banho pra exorcizar aquelas 12h passadas dentro do avião e partimos para uma caminhada nas redondezas para fazer um conhecimento do terreno.

Vista da Avenida Champs Elysées, com a Praça da Concórdia ao fundo

Vista da Avenida Champs Elysées, com a Praça da Concórdia ao fundo

Vitina da loja da Hugo Boss na Champs Elysées

Vitrine da loja da Hugo Boss na Champs Elysées

A Avenida Champs Elysées dispensa apresentações e no momento que chegamos ali eu sabia que a gente estava no melhor lugar da cidade. Ao longo da avenida temos uma concentração enorme de restaurantes de todos os tipos, bistrôs, cafés, boutiques, lojas de grifes famosas, cinemas, teatros e etc.

Ficar hospedado nestas redondezas é excelente porque é garantia de movimento a qualquer hora do dia ou da noite.

No final da avenida, fica o famoso Arco do Triunfo e ficamos simplesmente embasbacados com a visão a nossa frente. Ficamos ali um tempo admirando o arco, que era nossa primeira grande prova de que estávamos realmente em Paris… ali a ficha começava a cair!

O Arco do Trinfo de Paris

O Arco do Triunfo de Paris

Naquele momento estava acontecendo a cerimônia diária em homenagem ao soldado desconhecido, quando uma chama é acesa sobre seu túmulo.

Mas antes de encarar a subida para o topo do arco, fizemos uma pequena parada para o almoço em um dos inúmeros bistrôs com cadeiras sobre a calçada. Nossa sorte era que diferente de algumas cidades europeias, Paris é uma cidade que não pára. Podemos almoçar as 16h ou procurar um lugar pra jantar as 23:30h sem problemas.

DICA 1: Nos Bistrôs opte pelo “Plat du Jour”… Tem sempre uma opção com Entrada+Prato Principal+Sobremesa que sai bem em conta. Algumas opções oferecem também uma taça de vinho, que é sempre de qualidade.

DICA 2: Uma taça de vinho é mais barata do que uma garrafinha de água mineral, que aliás é horrorosa, além de cara (até 9 EUR). E não se acanhe… nos restaurantes você deve pedir um vinho e pra acompanhar “tap water”. É isso mesmo, água da bica!

Parada para o almoço em dos dos inúmeros Bistrôs da Champs Elysées

Parada para o almoço em um dos inúmeros Bistrôs da Champs Elysées

Quando dou esta segunda dica, alguns amigos meus (mais bestas) torcem o nariz, achando coisa de outro mundo. Mas não se preocupe: faça uma cara bem blasé e diga “tap water is fine, please“. Pode olhar em volta… você vai ver várias jarras de água com gelo em todos os lugares. Tudo de graça e com direto a refil…

Os locais não pedem água mineral, só turistas. E a água da bica é ainda melhor do que aquela vettel safada deles.

Vai por mim… “tap water“!

Escadarias de subida para o alto do Arco

Escadarias de subida para o alto do Arco

Depois do almoço, mesmo com todo o cansaço da viagem retornamos para o Arco, compramos o ingresso e enfrentamos a subida íngreme em escada caracol até o alto do Arco do Triunfo…

Pra quem já está em Paris e já teve a oportunidade de apreciar uma das vistas panorâmicas da cidade, como por exemplo a da Torre Eiffel, talvez esta subida não valha a pena. No entanto, como boas vindas a Paris esta foi excelente!

Lá do alto temos uma vista sensacional dos telhados da cidade, além de uma vista para a Torre Eiffel e a igreja da Sacre Couer (entre outras). A vista da praça Praça de l’Étoile (ou Praça Charles-de-Gaulle) também é bem interessante. Do alto podemos ver que todas as ruas convergem para o Arco, formando uma espécie de estrela e em cada ponta da estrela temos prédios simetricamente dispostos, com a mesma arquitetura.

Vista do alto do Arco do Triunfo - Praça Charles-de-Gaulle

Vista do alto do Arco do Triunfo – Praça Charles-de-Gaulle

O transito na rotatória em torno da Praça também é um show a parte… de lá do alto ficamos observando a loucura que é o transito, com carros entrando e saindo de cada “ponta da estrela” a vontade, sem muito controle ou sinalização, entrando onde querem, como querem e se tiverem coragem…

De lá de cima tivemos também nossa primeira visão para a Torre Eiffel:


Vai a Paris? Que tal comprar ingressos online para as principais atrações da cidade, pagar com desconto e ainda furar fila? Clique aqui e compre seus ingressos no TicketBar.


Vista para a Torre Eiffel ao entardecer, do alto do Arco do Triunfo

Vista para a Torre Eiffel ao entardecer, do alto do Arco do Triunfo

Então ficamos lá em cima recuperando as energias até depois do pôr-do-sol, curtindo aquele visual, o vento no rosto e aquela mistura de idiomas da turistada ali presente… vimos a torre se iluminando aos poucos até que as luzes e pisca-piscas se ligaram totalmente, com holofotes que iluminam o céu da cidade durante toda a noite.

Exposição de carros na Loja da Mercedes

Exposição de carros na Loja da Mercedes

Replica de um carro antigo na loja da Mercedes

Replica de um carro antigo na loja da Mercedes

Depois deste momento, voltamos para o hotel fazendo alguns pit-stops pelas lojas da Avenida Champs Elysées…

Paramos a primeira de muitas vezes na loja da Séphora, onde a Elisa ficou perdida no meio daquele exército de maquiadoras e fizemos também uma parada para ver uma exposição de carros novos e antigos na loja da Mercedes.

Então retornamos para nosso Hotel para nos preparamos para o dia seguinte e finalmente ter um pouco de descanso, que não tivemos desde a chegada…

____

Para conhecer todos os detalhes sobre o Roteiro Lua-de-mel em Paris 2011 clique aquiPara ver todos os posts deste roteiro clique aqui.

Anúncios

Um pensamento sobre “Aterrissando em Paris: Champs Elysées e o Arco do Triunfo

  1. Pingback: Paris: Basílica de Sacré Cœur e o bairro boêmio de Montmartre | Batalhas pelo mundo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s