Bonito, MS: Parque das Cachoeiras e Balneário Municipal

6 DE ABRIL DE 2011, manhã: PARQUE DAS CACHOEIRAS

Bonito MS 1095 (2)Reservamos para nosso último dia em Bonito dois dos programas mais tranquilos da cidade, entre eles o Parque das Cachoeiras.

Como estávamos no final da viagem e já tínhamos vivido experiências incríveis como a flutuação no Rio da Prata e o rappel no Abismo Anhumas, este passeio não nos impressionou tanto.

Pelo conjunto, a visita às Cachoeiras do Rio do Peixe foi muito mais divertida, talvez por ter sido um passeio mais completo ou talvez porque tenha sido feito primeiro, quando a gente ainda tinha visto pouca coisa na cidade. Mas justiça seja feita: as cachoeiras do Parque das Cachoeiras eram até mais bonitas e as paisagens mais variadas.

Vista geral do receptivo do Parque das Cachoeiras

Só que uma coisa que me impressionou muito no Rio do Peixe foi justamente a quantidade de peixes, que no “Parque” não era tão grande. Mas para relaxar e tomar um banho de cachoeira, talvez o passeio do “Parque” seja melhor… A trilha era mais tranquila e ao longo do caminho, às margens do Rio Mimoso, nos deparamos com várias quedas d’água, num total de 6 cachoeiras com belas paisagens e estilos variados.

Cachoeira do amor

Cachoeira do amor

Um banho revigorante na Cachoeira das Figueiras

Um banho revigorante na Cachoeira das Figueiras

Os nomes das cachoeiras parecem ora fora de contexto, ora óbvios demais e o guia que nos conduziu pelo passeio, num tom meio desanimado, contou que os nomes foram escolhidos pelos próprios visitantes, por meio de uma votação…

Então uma cachoeira conhecida por abrigar dezenas de ninhos de andorinhas, numa imagem bem interessante, teve seu nome alterado de “Cachoeira das Andorinhas” para “Cachoeira do Amor”.

Democracia tem dessas coisas…

Mas tudo bem, porque provavelmente muitas pessoas vão discordar de mim… Apesar de ser uma reserva ecológica, o lugar também é o Negócio de uma família, então cada um usa a estratégia de marketing que julga necessária. Os nomes das cachoeiras podem até soar meio clichê, mas isto é um detalhe insignificante perto da beleza do lugar, que oferece vistas incríveis em cachoeiras com nomes de Cachoeira do amor, Cachoeira das Figueiras, Cachoeira da Carretilha, Cachoeira do Sol, Cachoeira do Mulungu e Cachoeira da Gruta.

Vista geral da Cachoeira das Figueiras

Vista geral da Cachoeira das Figueiras

Pelo caminho, de forma mais ou menos livre, fomos curtindo cada uma das cachoeiras, algumas formando grandes piscinas naturais, outras com carretilhas (ou tirolesa) e todas merecendo um bom mergulho…

Caminho para a Cachoeira do Sinhozinho

Caminho para a Cachoeira do Sinhozinho

Saltando na Cachoeira da Carretilha

Saltando na Cachoeira da Carretilha

Cachoeira do Sol

Cachoeira do Sol

Vista geral para a Cachoeira da Gruta

Vista geral para a Cachoeira da Gruta

As piscinas naturais do Parque das Cachoeiras

As piscinas naturais do Parque das Cachoeiras

Parque das Cachoeiras

Parque das Cachoeiras

A estrutura do receptivo até oferece refeições, mas não estavam incluídas no preço do passeio e como não estava muito atrativo, preferimos voltar pra cidade e procurar algum legal por lá pra almoçar. Fizemos uma visita rápida a lojinha de souvenieres e partimos de volta pra cidade.

6 DE ABRIL DE 2011, tarde: BALNEÁRIO MUNICIPAL

Bonito MS 1099 (2)Como os passeios em Bonito precisam ser reservados com antecedência, muitas vezes poderá sobrar um espaço entre um passeio e outro e o lugar ideal para relaxar e para fazer um passeio de ultima hora é o Balneário Municipal de Bonito.

No nosso caso, estávamos em duvida se teríamos tempo para encaixar um passeio de Bóia Cross após o Parque as Cachoeiras e decidimos deixar a ultima tarde livre para conhecer o Balneário. Em outras ocasiões nós usamos o tempo livre para circular na cidade ou fazer compras de artesanato, mas tiramos o ultimo dia para pegar um sol e relaxar do jeito que os Bonitenses fazem.

O Balneário é o local onde os moradores da cidade tem livre acesso e os turistas pagam bem pouquinho. A estrutura do lugar é muito legal e conta com um grande estacionamento, quadras esportivas, um extenso gramado onde as pessoas se deitam para pegar sol ou bater papo, vestiário, quiosques e mesas para aquele almoço, lanche ou simplesmente um picolé. Enfim… um lugar ideal para famílias.

Vista da piscina natural do Balneário Municipal

Vista da piscina natural do Balneário Municipal

DICA: Evite os finais de semana. O Balneário tem limite de mil pessoas por vez e como é um local de acesso livre onde a população vai para passar o final de semana com a família, você pode encontrá-lo lotado. Quando tiver uma “brecha” entre passeios durante a semana, não deixe de visitar o Balneário.

Ali cotias, macacos e araras circulam tranquilamente… As araras voam livremente de uma árvore para outra e de vez em quando uma delas pousava na nossa mesa, arriscando uma bicadinha no nosso lanche. É surreal demais, mas ali quem se distrai corre o risco de ter o almoço roubado por uma arara canindé ou uma linda arara de penas vermelhas e azuis…

As araras invadindo o espaço dos banhistas

As araras invadindo o espaço dos banhistas

Nas curvas do Rio Formoso são formadas grandes piscinas naturais e no balneário são montados decks para acesso a beira do rio e toda uma estrutura de recreação dentro de um rio de águas cristalinas infestado de Piraputangas, Curimbas e Dourados!

É realmente impressionante, porque os banhistas literalmente disputam espaço com cardumes enormes de peixes! A Elisa, pra variar, não teve coragem de entrar na água no meio dos bichos, mas eu me diverti vendo os peixes se engalfinharem cada vez que eu jogava um pedacinho de grama na água.

As pessoas levavam ração de peixe para atrair os bichos e isso gerava esta concentração louca de peixes… Esta prática é um pouco polêmica porque causa um certo desequilíbrio na cadeia alimentar do local, mas o Balneário é o único local onde esta prática não é proibida.

Observando os peixes do Balneário Municipal de Bonito

Observando os peixes do Balneário Municipal de Bonito

Ficamos ali até o final do dia relaxando e pouco antes de escurecer retornamos pra pousada para um banho e depois fizemos nosso ultimo jantar na cidade, para no dia seguinte retornarmos ao mundo real…

PROGRAME-SE:

Parque das Cachoeiras
Distância: 18km
Preço: R$80 (BT) / R$90 (AT)
Duração: 3 horas

Balneário Municipal
Distância: 7km
Preço: R$15 (BT) / R$20 (AT)
Duração: livre

____

Para conhecer todos os detalhes sobre o Roteiro de 7 dias em Bonito (MS) 2011, clique aquiPara ver todos os posts deste roteiro clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s