Buenos Aires: explorando as atrações da Recoleta e Puerto Madero

DIA 11 DE FEVEREIRO DE 2014
Em mais um dia de chuva forte, decidimos adaptar nosso roteiro para atividades no Bairro da Recoleta, nos arredores do nosso hotel e entendemos melhor porque esta região é tão recomendada por viajantes especialistas em Buenos Aires!
Leia este novo post e viaje com a gente pelo bairro da Recoleta, conhecendo a Plaza Francia, Museu Nacional de Belas Artes, Plaza Naciones Unidas, Floralis Genérica e Cemitério da Recoleta. Leia também sobre nossa visita a Puerto Madero e nossas experiências gastronômicas do dia: o Sottovoce Recoleta e o Cabañas Las Lilás, dois restaurantes recomendadíssimos pelos Batalhas!

Para ver todos os posts do roteiro Uruguai e Argentina 2014, clique aqui. Para ver o post com o roteiro completo da viagem, clique no link a seguir:
Roteiro de 12 dias no Uruguai e Argentina: dicas, índice de posts e um resumão da viagem

Plaza Francia embaixo de chuva

Plaza Francia embaixo de chuva

Pra variar, nosso dia começou com uma chuvarada danada. Tentamos sair com guarda-chuva e capa, mas não deu pra ficar caminhando.
Então resolvemos visitar o Museu Nacional de Belas Artes e fugir do aguaceiro. Infelizmente o museu só abria as 11h, então ficamos circulando pelo Shooping Buenos Aires Design e pela Plaza Francia até a hora do museu abrir.

MNBA - Museu Nacional de Belas Artes

Fachada do Museu Nacional de Belas Artes

Facultad de Derecho de Buenos Aires

Prédio da Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires

Na entrada havia uma aglomeração de turistas molhados que tiveram a mesma ideia que a gente…

Nos andares inferiores o museu possui uma coleção bem legal com pinturas e esculturas que começam com arte européia do século XII até arte argentina do século XIX. Lá pudemos ver obras assinadas por artistas consagrados como Goya, El Greco, Rodin, Monet, Van Gogh e muitos outros.

Escultura "Les premières funérailles" do frânces Louis-Ernest Barrias

Escultura “Les premières funérailles” do frânces Louis-Ernest Barrias

Escultura "Bagnante sedutta" de Antonio Carlo Tantardini

Escultura “Bagnante sedutta” de Antonio Carlo Tantardini

Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires

Museu Nacional de Belas Artes de Buenos Aires

Nos andares superiores, arte contemporânea e uma exposição de fotos das “Mães da Praça de Mayo”, que são as mães dos desaparecidos da época da ditadura militar argentina.

Pavilhão de exposições temporárias - arte do século XX

Pavilhão de exposições temporárias – arte do século XX

Mães das vítimas da ditadura militar Argentina

Exposição de fotografias das Mães da Praça de Mayo

Entrada do Restaurante Sottovoce

Entrada do Restaurante Sottovoce

Após o museu, nos encaminhamos para o restaurante Sottovoce Recoleta na Av. Del Libertador, com Rua Ayacucho, que foi um dos melhores restaurantes que conhecemos na cidade (talvez nosso preferido).

Ao entrar, fomos recebidos com uma taça de espumante enquanto aguardavamos a preparação da nossa mesa. Não estava muito cheio e sentamos bem rápido.

Restaurante Sottovoce

Restaurante Sottovoce

No cardápio muitas opções de comida italiana e uma boa carta de vinhos, com preços justos (se comparados aos preços do RJ). Tudo delicioso, da entrada a sobremesa… Atendimento super eficiente e ambiente acolhedor, com garçons simpáticos e prestativos que falavam português fluente.

Brindando a boa gastronomia no Sottovoce

Brindando a boa gastronomia no Sottovoce

Sobremesa no Restaurante Sottovoce

Sobremesa no Restaurante Sottovoce

Depois caminhamos até a Plaza Naciones Unidas, passando pela faculdade de Direto da Universidade de Buenos Aires, onde fica a Floralis Generica, que é uma grande escultura de metal representando uma flor. Nós não conseguimos ver o “fenômeno”, mas diz a lenda que a flor abre e fecha de acordo com as condições climáticas. A noite ela fica especialmente bonita, com uma iluminação colorida bem legal.

Plaza Naciones Unidas - Floralis Genérica

Floralis Genérica

Priscila e Elisa na Plaza Naciones Unidas - Ao fundo a Floralis Genérica

Priscila e Elisa na Plaza Naciones Unidas – Ao fundo a Floralis Genérica

Então prosseguimos com nosso passeio pela Recoleta indo até a atração mais famosa do bairro: O Cemitério da Recoleta.

Entrada do Cemitério da Recoleta

Entrada do Cemitério da Recoleta

Para algumas pessoas pode parecer estranho, mas o cemitério é uma das atrações mais visitadas de Buenos Aires… Deixando o preconceito de lado, tente imaginar o cemitério como um grande santuário ao ar livre, com muita arte sacra em labirintos de vielas estreitas, praças e belas ruas arborizadas. Dizem que é o mais bonito do mundo…

Rua principal do Cemitério da Recoleta

Rua principal do Cemitério da Recoleta

Esculturas no Cemitério da Recoleta

Esculturas no Cemitério da Recoleta

Esquina do Cemitério da Recoleta

Esquina do Cemitério da Recoleta

Se o Cemitério João Batista fosse assim… Nossos cemitérios não são bonitos, são meio mórbidos e nunca remetem a lembranças agradáveis. Ou será que não estou olhando pra eles com olhos de turista?

Pois é… Turista topa qualquer coisa, desde que esteja num guia de viagem marcado como atração imperdível! Brincadeiras a parte, a visita é interessante (mas não imperdível) e tivemos oportunidade de visitar o túmulo de cidadãos ilustres como Eva Perón, o ex-presidente Domingos Sarmiento e a Família Ezeiza.

Placa do túmulo de Eva Perón

Placa do túmulo de Eva Perón

Jazigo da Família Duarte, onde descansa Evita

Jazigo da Família Duarte, onde descansa Evita

Jazigo da Família Ezeiza

Jazigo da Família Ezeiza

Túmulo de Liliana Crociati e seu fiel cachorro

Túmulo de Liliana Crociati e seu fiel cachorro

Túmulo de Domingo F. Sarmiento, ex-presidente da Argentina

Túmulo de Domingo F. Sarmiento, ex-presidente da Argentina

A noite fomos a mais um restaurante estrelado de Buenos Aires: o Cabaña Las Lilás, no Puerto Madero.

Mais um exemplo de boa comida e atendimento impecável. Mas se você quiser uma opção mais econômica, fuja do Cabañas. Na realidade o preço é alto, mas o nível do atendimento e da comida é excelente… O couvert é muito variado e farto, a carne é deliciosa e até o café é bem servido, com tantas opções de acompanhamento que mais parecia uma grande sobremesa com café. Nada daquelas bolinhas minúsculas de chocolate ou cascas de laranja. Tinha trufas, bolinhos, financier, biscoitos…

Jantar no Cabañas Las Lilás em Puerto Madero

Jantar no Cabañas Las Lilás em Puerto Madero

Jantar no Cabañas Las Lilás em Puerto Madero

Jantar no Cabañas Las Lilás em Puerto Madero

Eles serviram até um lemoncello com digestivo no final… Resumindo, pagamos caro, mas saímos bem satisfeitos (e alguns quilos mais gordos).

Depois fizemos um agradável passeio noturno pela região do porto, conhecendo a Puente de La Mujer e um vulto da Fragata Sarmiento. Ficamos por ali curtindo a brisa que vinha do rio e quando começou a ficar tarde e deserto, pegamos um taxi de volta pro Hotel.

Puerto Madero - Puente de La Mujer

Puerto Madero – Puente de La Mujer

Puerto Madero - Puente de La Mujer

Puerto Madero – Puente de La Mujer

No breu, o vulto da Fragata Sarmiento

No breu, o vulto da Fragata Sarmiento

___
Clique no link a seguir para ver o post com o roteiro completo da viagem de 12 dias no Uruguai e Argentina. Para ver todos os posts deste roteiro que passou por Punta del Este, Montevidéu, Colónia del Sacramento e Buenos Aires, clique aqui.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s