Chapada dos Veadeiros, GO: Encontro das Águas dos Rios São Miguel e Tocantinzinho

TARDE DO DIA 21 DE ABRIL DE 2014
Neste post contamos o que esperar da visita ao Encontro das Águas do Rios São Miguel e Rio Tocantinzinho. Saiba como chegar e o que fazer neste lugar que oferece paisagens incríveis e uma praia de rio relaxante, ideal para encerrar um dia de caminhadas pesadas. Mas não siga meu exemplo sempre, porque as vezes você também pode se dar mal como eu. Leia nosso post e saiba por quê.

Para ver todos os posts desta viagem, clique aqui. Para conhecer o roteiro completo, índice de posts, dicas sobre as cidades e resumo da viagem, clique no link abaixo:
Chapada dos Veadeiros e Brasília: Roteiro de 6 dias pelas maravilhas do cerrado

Depois de voltar o Raizama, paramos na Vila de São Jorge para o almoço e partimos já um pouco tarde em direção ao Encontro das Águas do Rio São Miguel e Rio Tocantinzinho.

O acesso fica na estrada principal em direção a Colinas do Sul a uma distância de aproximadamente 20km da Vila de São Jorge, sendo 6km em estrada secundária com muita lama, buracos, travessia sobre rio, mata burro e ladeira de cascalho. Chegamos 15:30 e não tinha absolutamente ninguém lá, nem no trajeto e nem no receptivo.

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (1)

Ao longo da estrada, a paisagem exuberante da Chapada

Entramos na fazenda, meio na dúvida, e estacionamos o carro em frente a uma casinha, já toda fechada. A gente já estava prestes a desistir quando um cachorro latiu denunciando nossa presença e um senhor apareceu para nos receber. Meio desconfiado, perguntei:

Por favor, o senhor sabe me dizer onde fica o Encontro das Águas? – Ao que ele respondeu sem muita cerimônia:

Cê tá nele!

Ele colheu meus R$10 e sem mais delongas, me apontou o caminho e voltou pra dentro da casinha. E assim partimos…

A trilha é bem fácil em mata mais ou menos fechada. As árvores são altas e frondosas e fomos seguindo absolutamente sozinhos, seguindo por um trilha sinalizada por um barbante branco ocasional. Em uma certa altura da trilha há um bifurcação, onde podemos subir um morrinho ou seguir por baixo em direção a praia. Optamos pela subida.

Em alguns pontos o barbante estava arrebentado e sumia e em alguns momentos ficamos inseguros sobre o caminho a seguir, mas fomos subindo uma colina de inclinação razoável, com meio palmo de língua pra fora, até que a vista para o encontro dos rios começou a surgir na nossa frente…

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (2)

Do alto da trilha o Encontro das Águas começa a aparecer

De lá do alto a vista é de tirar o fôlego! Nem vou escrever muito, porque as fotos pode falar por mim…

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (3)

Encontro das Águas

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (4)

Tive a impressão de que a trilha poderia nos levar a outros pontos interessantes, mas ela começou a ficar íngreme e escorregadia e a descida pelas pedras parecia perigosa. O tal barbantinho que marcava a trilha sumiu, então resolvemos descer tudo de volta e pegar a outra trilha em direção à praia.

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (5)

Banho de rio no encontro das águas

Então fomos presenteados com uma bela praia de rio, bem no encontro dos Rios São Miguel e Rio Tocantinzinho. Na outra margem do rio, uma mata fechada dava uma sensação de isolamento e no horizonte em todas as direções a gente não via um sinal de vida…

Ficamos ali um bom tempo tomando banho nas águas fresquinhas do Rio São Miguel… Ou seria Tocantinzinho? Não me pergunte qual rio, porque eu não sei. Os dois talvez?

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (6)

Banho de rio no encontro das águas

O fundo do rio é meio lodoso e a água é bem escura, porque os rios carregam muito material orgânico… Mas a água é muito refrescante! Só quem já tomou banho em praia de rio sabe como é gostoso… Muito diferente das praias comuns com aquela água salgada do mar e um sol de rachar, ficamos ali à sombra das árvores e tomando banho naquela água fresquinha.

Ficamos ali um bom tempo curtindo e contemplando, com a praia todinha só pra gente. Até que começou a escurecer e a alegria deu lugar a uma apreensão… E se fechassem a fazenda e esquecessem a gente ali? E se ficasse escuro e a gente não achasse o caminho de volta? E se um lunático armado, tipo Jason, aparecesse ali pra desovar nossos corpos no fundo do rio?

Antes de descobrirmos a resposta pra qualquer uma das perguntas, fiz esta bela foto aqui embaixo e em seguida saltei no rio para um último mergulho e quaaaaase estraguei o passeio…

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (7)

Fim de tarde no encontro das águas

Dei uma de garoto novo! Verifiquei o fundo antes de pular, achei que tava tranquilo e ao mergulhar, obviamente, bati com o joelho nas pedras no fundo do rio e me machuquei feio! Se já estávamos tensos, agora a Elisa começou a dar chilique e fomos embora rapidamente, comigo mancando e sangrando.

Na trilha do caminho de volta, vimos o senhôzinho que recebeu a gente tranquilamente com seu cachorro e sua esposa, indo pescar no rio. Se algo acontecesse a gente, ele nem ia se dar conta, porque estava indo pescar do outro lado da praia. Fala sério…

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (8)

O receptivo do Encontro das Águas, deserto no fim do dia

Então seguimos o caminho de volta, rezando pra não escurecer antes de alcançarmos a estrada principal. A foto abaixo dá um gostinho do tipo de obstáculo que enfrentamos com o carrinho 1.0 da locadora, patinando pela estrada sobre mata-burros, córregos e cascalhos…

Chapada dos Veadeiros 02 Encontro das Águas (9)

Mata-burro e trajeto sobre rios

Felizmente deu tudo certo e apesar do joelho avariado, que deu trabalho nos dias seguintes e até um mês depois da viagem, o passeio valeu a pena!

O dia seguinte seria nosso último dia na Chapada dos Veadeiros e reservamos o dia para fazermos a Trilha dos Cânions e Cachoeira da Carioca.


Para saber tudo sobre nosso Roteiro de 6 dias pela Chapada dos Veadeiros e Brasília, clique aquiSe preferir, clique nos links a seguir para ler todos os posts sobre Brasília (DF), Chapada dos Veadeiros (GO) e Vila de São Jorge (GO).

Anúncios

Um pensamento sobre “Chapada dos Veadeiros, GO: Encontro das Águas dos Rios São Miguel e Tocantinzinho

  1. Conheço bem a fazenda Encontro das Águas e a tia Odésia, que é a dona. As pessoas pagam pra entrar na fazenda, e não para ter serviço de guia. Se você não conhecia, deveria ter contratado um guia para explorar o lugar com segurança.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s