Liverpool: Roteiro de 1 dia para Beatlemaníacos, no caminho entre Edimburgo e Londres

Depois de 4 dias na Irlanda e 4 dias na Escócia, finalmente estávamos de partida para Londres. Então aproveitamos o trajeto Edimburgo-Londres para fazer uma parada em Liverpool, onde curtimos um dia inteiro em um roteiro feito sob medida para encaixar em um pit-stop só com atrações para Beatlemaníacos!

Neste artigo vamos contar como foram os preparativos, detalhes das atrações, preços e dicas para aproveitar ao máximo as principais atrações deste roteiro para os fãs dos Beatles.

Clique aqui para ler todos os posts do Roteiro Irlanda e Reino Unido. Aguarde em breve o artigo com o roteiro completo! Enquanto isso clique no link a seguir para conhecer o roteiro global e o planejamento desta viagem de outubro de 2014: Planejando um novo destino: Irlanda e Reino Unido em 14 dias

Já estávamos na metade de nossa viagem, dia 09 de outubro, e acordamos bem cedo para fazer um dos passeios mais aguardados e também mais arrojados de todo nosso roteiro. O dia seria bem puxado pois fizemos todas as reservas vários meses antes, com as atrações cronometradas e encaixadas umas entre as horas.

Parecia que tinha tudo pra dar errado, mas a pontualidade britânica nos ajudou bastante, porque o roteiro ficou redondinho…

ATENÇÃO: Não vá embora sem ler até o final, onde colocamos um resumão com todos as atrações, preços, dicas e links pra você reservar tudo. 

Chegamos na estação Waverly em Edimburgo as 5h das manhã e retiramos nossos bilhetes que já estavam comprados há pelo três meses. Compramos bagels e café e embarcamos em nosso trem que partiu para Liverpool pontualmente as 6:14.

Nosso trem

O interior da cabine do trem

Todo o trajeto entre Edimburgo e Londres é muito bonito (eu acho), mas no dia anterior a gente tinha feito uma viagem bate-volta para as Terras Altas e Lago Ness, então ainda estávamos meio “pregados” e aproveitamos para dormir no trem, que era muito confortável, limpo e organizado.

(*) Foto extraída de http://www.left-baggage.co.uk

Chegamos em Liverpool as 9:50 com nossas malas gigantes, preparadas para duas semanas. E como sair pra um dia inteiro de andanças com duas malas gigantes?

Já tínhamos pesquisado um serviço de locker muito bacana que tem na estação Liverpool Lime Street. O site da Excess Baggage Company dá detalhes sobre como deixar a bagagem por lá de forma segura com o serviço Left-Luggage, pagando £8 por volume, para períodos de até 24h.

Largamos nossas duas malas por lá e partimos pra nossa aventura regada a canções dos Beatles!

Okay… confesso que fiquei um pouco incomodado em deixar as malas largadas por lá o dia inteiro sob o cuidado de estranhos. Mas isso é mania de carioca… Um medo e desconfiança que a gente carrega pra onde vai. Foi tudo muito tranquilo, sem incidentes.

Estação de trem Liverpool Lime St e o Liverpool Empire Theatre

Quando chegamos estava caindo uma chuva fina e gelada e tínhamos que ir caminhando até o Albert Docks, que é de onde sai o ônibus do Magical Mystery Tour. Tínhamos um pouco mais de 1h para chegar e felizmente a chuva parou bem no início do caminho, então foi bem tranquilo e fomos caminhando e apreciando a arquitetura e o clima da cidade, com pressa, mas sem correria.

St George’s Hall

​Seguimos pela Elliot Street, numa região onde tem uma espécie de shopping center a céu aberto.

Seguindo pela Elliot Street

Radio City Tower e o Hotel Hilton

Albert Dock é o porto da zona turística de Liverpool e ali seria nosso ponto central para todos os passeios da cidade, pois ali fica o Museu Beatles Story, a bilheteria e ponto de partida do ônibus Magical Mystery Tour, a loja de Souvenir Fab Four Store e a poucos metros dali, no Hotel Jurys Inn, o ponto de partida para o tour até as casas onde Paul McCartney e John Lennon viveram em suas infâncias.

Vista geral do Albert Dock

Navio atracado no Albert Dock

Encontramos a bilheteria do Magical Mystery Tour sem muita dificuldade, que fica no Anchor Courtyard e pegamos nossos ingressos que já estavam reservados para as 11:30. Enquanto aguardávamos, aproveitamos para fazer um lanche rápido (que seria nosso almoço), visitamos a Fab Four Store e fizemos algumas fotos pela região.

Almoço rápido no café da Beatles Story

Albert Dock e o submarino amarelo

Roda gigante de Liverpool

As 11:30 o ônibus partiu e ao longo do caminho eles foram contando histórias sobre a cidade e sobre o início dos Beatles, sua infância, juventude e histórias da formação da banda. O ônibus passa pelos principais pontos turísticos da cidade, embalado por canções e histórias dos Beatles, com direito a algumas descidas super rápidas para fotos.

Na realidade, não tenho certeza se a programação oficial permite descida, mas nosso motorista fez algumas paradas breves: Placa da Penny Lane, Casa do Ringo, Portão do Strawberry Fields e Casa do Paul.

Nosso ônibus de excursão dispensa apresentações

Sem sair do ônibus, paramos em frente a uma das casas onde o Ringo Starr passou sua infância, em um bairro humilde da cidade.

No fim da rua, uma das humildes casas onde morou Ringo Starr na infância

Em seguida fizemos a primeira parada, na Penny Lane, onde pudemos tirar foto na placa que sinaliza o nome da famosa rua que dá nome a música de mesmo nome.

Foto relâmpago na Penny Lane

O passeio pela Penny Lane é bacana, pois para olhos (e ouvidos) mais atentos, podemos avistar vários detalhes citados durante a música:

“Penny Lane there is a barber showing photographs…”
ou
“Behind the shelter in the middle of the roundabout / The pretty nurse is selling poppies from a tray…”

E estão todos lá: o loja onde um dia funcionou o tal barbeiro, a rotatória onde estava a bela enfermeira, o banco e por aí vai. Infelizmente não consegui fazer bons registros em foto, mas com uma pesquisa pelo Google dá pra ver algumas fotos destes marcos.


Aliás, esses dias eu vi este vídeo INCRÍVEL do “Paul McCartney Carpool Karaoke” no YouTube, do programa “The Late Late Show with James Corden“. Impossível não se emocinar:

O vídeo é muito bacana. O apresentador dá uma “carona” para o Paul pelas ruas da cidade e os dois vão juntos explorando Liverpool enquanto o Paul conta curiosidades e histórias sobre sua infância e juventude e os dois juntos cantam canções dos Beatles. É de arrepiar…


Mais uma das casas da infância do Ringo

As histórias que ele conta no vídeo eu já tinha ouvido nos passeios do Magical Mystery Tour e também na visita a casa onde ele passou sua infância, conforme conto mais abaixo nesse post. Eles falam da Penny Lane a partir do minuto 3.

Uma das paradas adicionais foi em outra casa onde Ringo passou parte de sua infância…

(ou teria sido o George?)

Eu tinha certeza de que era casa do Ringo, mas durante a confecção desse post, em pesquisas na internet, vi informações que me levaram a crer que era a casa do George Harrison. Agora não sei mais!

Vamos fazer o seguinte então: você vai lá, segue meu roteiro e confere pra mim qual é! Pode ser? Me conta nos comentários… Obrigado!

Outra parada bem bacana foi nos portões do Strawberry Fields. Pelo que eu soube, nem todos os motoristas param ali, então se eu puder dar uma dica, seria: sente no lado esquerdo do ônibus, que será o melhor lugar para ver e fotografar.

Portões do “Strawberry Field”

Depois disso ainda paramos em frente a casa do Paul, onde tiramos apenas algumas fotos da fachada e fomos embora. Felizmente a gente voltaria lá para uma visita guiada! (não vá embora, a melhor parte da viagem fica mais adiante)

Durante o passeio pudemos ver também a Igreja de St Barnabas, onde Paul cantou no coral, a Igreja de St Peters (onde Paul e John Lennon se conheceram), a antiga casa de Brian Epstein (empresário da banda) e outros…

Antiga casa de Brian Epstein, antigo empresário da banda


Se você curte os Beatles e vai visitar Londres também, não deixe de conferir nosso post com o passo a passo, fotos, relatos e todas as dicas para você conhecer a Abbey Road e fazer a travessia da faixa de pedestres mais famosa do mundo:
Londres: Seguindo os passos dos Beatles na Abbey Road


No final do passeio, o ônibus segue até as redondezas da Mathew Street para que o grupo desça no Cavern Club. Como nosso horário estava apertado para o próximo tour, descemos próximo ao Albert Docks seguimos de volta a pé para o Hotel Jurys Inn, que é o ponto de encontro do pessoal do National Trust, para o passeio  Beatles’ Childhood Homes Tour, que é a visita guiada no interior das casas onde Paul McCartney e John Lennon, respectivamente, passaram suas infâncias.

Imagens do centro da cidade

Atravessando o canal para chegar no Hotel Jurys Inn

Em frente ao Hotel estava esta van inconfundível:

A van do passeio até as casas do Paul e John

Seguimos em um micro-ônibus as 14:15h, ouvindo Beatles como sempre, mas sem historinhas. Paramos primeiro na casa do Paul e depois na casa do John. Em ambos os lugares tiramos fotografias da fachada e do quintal da frente, mas no interior era proibido fotografar.

A casa do Paul fica no endereço “20 Forthlin Road, Allerton” e a casa do John ficava na propriedade conhecida como “Mendips“, no endereço “251 Menlove Avenue” no subúrbio de Woolton.

Os guias eram um casal de velhinhos muito simpáticos, que pareciam conhecer pessoalmente a família do Paul e do John e fizeram relatos emocionados sobre a infância e juventude deles na casa. A Sra Silvia (que fez um relato super emotivo) nos guiou pela casa do Paul e o Sr Colin Hill nos guiou pela casa do John.

Casa da infância do Paul McCartney

Vista da rua onde cresceu Paul

As casas foram restauradas para sua arquitetura original com base em fotografias e relatos de amigos e familiares. Alguns objetos são originais, mas boa parte é réplica ou similar dos anos 50 e 60.

No total o tour durou em torno de 2:30, cobrindo o tempo de deslocamento (fica longe do centro) e as visitas propriamente ditas.

Todas as explicações são em inglês e entender o idioma é essencial, mas eles disponibilizam um caderno com traduções em português para quem não consegue acompanhar. O caderno talvez ajude um pouco, mas tira boa parte do encanto da visita, pois não permite interação e entendimento de todas as histórias, que não são roteirizadas.

Fachada da Casa da infância do John Lennon

Quintal da casa John

Vista da vizinhança do John

É difícil descrever a emoção… eu não sei se o passeio seria interessante para alguém que não é fã dos Beatles, mas se você está lendo este post até aqui, eu tenho certeza de que você vai se emocionar também. Dá pra imaginar o Paul na sala com sua família, cantando ao piano e mais tarde, dá pra sentir um clima mais pesado no quarto do John, onde ele viveu com sua tia Mimi uma adolescência mais conturbada.

DICA: Pagando um extra podemos levar também um guide book. No ato da reserva online o “guide book” pode ser pago, mas eu recomendo deixar pra comprar na hora, na casa do John, porque lá temos oportunidade de ver do que se trata, manuseá-los e decidir. Para a visita propriamente dita, ele não tem serventia alguma.

É um passeio intimista e no final temos a sensação de sermos íntimos destas duas figuras lendárias…

No final, a van nos deixou de volta na porta do Jurys Inn, então aproveitamos e fomos novamente a Fab Four Store e desta vez comprarmos nossos souvenirs e camisetas. Depois partimos a pé para a Mathew Street, vendo o comércio local e o movimento de turistas.

Entrada da Mathew Street

Chegando no Cavern Club

Em seguida paramos no Cavern Club, curtimos um pouco o clima do bar, tiramos fotos e pegamos nosso brinde (um postal sem graça do Strawberry Fields, que estava incluído no passeio do ônibus) e depois seguimos de volta para a estação de trem.

O palco do Cavern Club

E assim nosso passeio por Liverpool chegou ao fim…


RESUMO DO ROTEIRO:

  • 9:50 – Desembarque na Estação Lime-Street.
  • 11:00 – Caminhada pelo Albert Docks e Lanche rápido
  • 11:30 as 13:30 – Magical Mystery Tour
  • 14:15 as 16:45 – Beatles Childhood Homes Tour
  • 17:00 as 19:30 – Horário livre (Cavern Club)
  • 19:48 Partida para Londres

No horário livre você pode tentar visitar o museu Beatles Story (que não visitamos), passar um tempo no Cavern Club ou parar para um jantar reforçado, depois das andanças do dia… Se você encarar um horário de retorno mais tarde, pode curte um pouco mais a noite e até tentar ver um show (atenção ao horário do Left Luggage)

TICKETS E SERVIÇOS:

  • Passagens de trem: Virgin Trains
    • EDI-LIV as 6:15 chegando as 9:53h em Liverpool, Lime Street
    • LIV-EUS as 19:48 chegando as 22:09 em Londres, estação Euston
    • Valor total: £61.00 (2 pessoas)
  • Serviço de Locker: Excess Bagage Company – Left Luggage
    • Seg-qui: 7h as 21h
    • Sex-dom: 7h as 23h
    • Valor total: £16.00 (para 2 volumes)
  • Magical Mystery Tour: Reservas no site do Cavern Club
    • Passeios regulares de hora em hora a partir das 10h da manhã
    • Retirada dos bilhetes no Albert Dock, Anchor Courtyard ou no Cavern Club da Mathew Street
    • Valor total: £33.90 (2 pessoas)
  • Beatles’ Childhood Homes Tour: Reservas no site do National Trust
    • Saídas a partir do Hotel Jurys Inn
    • Horários: 10h, 11h, 14:10 e 15h (recomendável consultar calendário para datas específicas)
    • Valor total: £51.00 (2 pessoas)

Observação: os preços são de 2014, então vale a pena consultar os preços atualizados nos sites.


No final pegamos as malas no Left luggage, lanchamos por lá mesmo e pegamos nosso trem pontualmente às 19:48h, rumo a Londres, Euston. Chegamos as 22:12h (2 minutos atrasados) e o condutor do trem pediu desculpas através do microfone pelo transtorno causado… A gente até demorou pra entender do que se tratava. Isso que é compromisso com pontualidade!

E finalmente chegamos em Londres, a base final de nossa viagem e minha segunda vez pela cidade. Ficamos hospedados no excelente Megaro Hotel, estrategicamente posicionado pertinho da Estação de trem da King’s Cross.

A primeira vez que estive em Londres eu relatei no Roteiro de 15 dias por Londres, Praga e Istambul. Em breve, contamos os detalhes de minha segunda visita a Londres, a primeira vez da Elisa, minha esposa.


Clique aqui para ver todos os posts do Roteiro Irlanda e Reino Unido 2014 e conheça os detalhes dessa viagem que passou por Dublin, Edimburgo, Liverpool e Londres.

Está procurando opções de hospedagem em Liverpool? No Booking.com você encontra centenas de ótimas opções. Clique aqui e comece sua busca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s